Dica da Semana: Cimento Queimado

O nome “cimento queimado” vem da técnica de polvilhar cimento seco sobre a massa ainda úmida, utilizando uma desempenadeira de aço para acabamento.

Para se obter um resultado muito bom quando se executa um piso desse material, é necessário observar alguns detalhes importantes no preparo da massa a ser aplicada e da superfície que irá receber a massa.

Célia Navarro10

A massa precisa estar com consistência homogênea e basicamente se constitui de areia grossa, areia fina, cimento e água, podendo ser incrementada com componentes tingidores , como por exemplo, o pó xadrez, ou componentes clareadores, como o pó de mármore branco, e ainda aditivos e vernizes.

A superfície precisa estar úmida, limpa de resíduos e preparada com juntas de dilatação colocadas preferencialmente a cada metro, isolando a movimentação de cada área de piso, evitando as trincas. É muito importante utilizar uma régua de alumínio para posicionar as juntas, para que elas não fiquem desalinhadas e tortas.

image images

Podemos usar muitos outros materiais em conjunto com o cimento queimado, criando composições lindas com cerâmicas, ladrilhos hidráulicos, madeira….. só que estes materiais não substituem as juntas de dilatação, ainda assim, elas precisam estar posicionadas corretamente, garantindo um piso inteiro por muito tempo.

É necessário esperar, pelo menos, três dias para pisar e uma semana para lixar. Para acabamento, podemos utilizar resina incolor e vernizes. A manutenção pode ser feita com cera incolor.

Comente com Facebook

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *